/blog da diretoria

Carta do presidente
18/02/2019 às 0h0

Caros Associados,

Primeiramente quero manifestar minha enorme alegria de estar assumindo a Presidência da Diretoria Executiva do Ipê Clube para o próximo biênio 2019/2020. Eu e minha família entramos no clube em 1999 e desde então o Ipê passou a ser um destino bem frequente em nossa rotina. Seja nos momentos em que estamos aqui praticando esporte, frequentando a academia, participando das atividades esportivas, prestigiando os eventos sociais ou simplesmente vindo ao clube para encontrar os tantos amigos que fizemos nesse período, o Ipê tornou-se a nossa segunda casa, como tanta gente diz por aqui.

Não é a primeira vez que eu me ofereço para participar, voluntariamente, da administração do clube. Em 2007, durante a gestão do Carlos Alberto Correa, mais conhecido como Cachito, fui o Diretor de Esportes nos seus dois anos de mandato. Acredito que contribuí para a implementação de uma série de mudanças na forma de gerir o clube, apostei em novas modalidades com a patinação e valorização do tênis de mesa e também na revitalização de espaços muito significativos para o Ipeano, como o campo de futebol com grama sintética, a reforma do ginásio 2 e muitas outras obras. Depois desse período, me candidatei para o Conselho Deliberativo e já faço parte deste grupo de associados, que têm papel importantíssimo na instituição, desde 2012. No ano passado tomei a decisão de concorrer à presidência do clube após muitas conversas com colegas do conselho e chegar à conclusão que precisávamos assumir essa responsabilidade para implementar uma série de mudanças que julgávamos necessárias para o bem do Ipê Clube.

O desafio que temos diante de nós é muito grande e muito mais complexo que imaginávamos no início, baseados nas informações que haviam sido passadas pela diretoria até então responsável pela gestão do clube. A partir do momento que assumimos efetivamente a administração do Ipê, começamos a nos deparar com uma situação bastante preocupante em aspectos cruciais para o nosso dia a dia. Um fato muito contundente disso foi a situação do caixa que recebemos no dia 01/01/2019. Diferentemente do que podia parecer após publicação na última edição da revista do Ipê, em que foi publicada uma situação superavitária do caixa, a realidade é que tínhamos um déficit de quase 400 mil reais na conta ordinária (conta que suporta as despesas do dia a dia como salários, manutenção, compra de material e etc), o que colocava em risco compromissos fundamentais para o funcionamento do clube, como por exemplo o pagamento dos salários dos colaboradores e fornecedores. Nas primeiras análises feitas, juntamente com a comissão de finanças, observamos que o déficit deixado pela gestão que nos antecedeu, ultrapassa os 800 mil reais, fruto da diferença entre despesas e receitas, como por exemplo os resultados financeiros dos eventos sociais realizados durante o período e, em especial, nos últimos meses do ano passado com três shows que deixaram um déficit de mais de 170 mil reais. Como não havia previsão orçamentária para essas despesas, isso impactou sobremaneira na situação do caixa da conta ordinária do clube. Para quem tiver interesse em tomar conhecimento mais detalhados, esses números serão disponibilizados no site (clique aqui).

Além disso, a nossa equipe passou a fazer um diagnóstico emergencial de setores chaves e com pouco tempo vimos que existem muitas áreas que precisam de uma intervenção imediata para sanar problemas que estão afetando o usufruto dos associados. Para ilustrar isso, vou utilizar uma informação que também nos surpreendeu muito. A nossa atual situação de manutenção da parte elétrica requer uma intervenção imediata pois estamos correndo certos riscos bastante preocupantes, como por exemplo o ocorrido no dia 23/01 quando a cabine elétrica que fica entre as quadras de tamboréu, literalmente explodiu derrubando a energia de quase todo o clube. Um primeiro diagnóstico já nos foi apresentado e vamos agora traçar um plano emergencial para intervenção nos pontos mais críticos, adequando a nossa disponibilidade de recursos. O detalhamento da atual situação da área de manutenção e obras também será disponibilizado no site (clique aqui).

Ainda precisamos de algum tempo para poder dar um diagnóstico mais preciso das necessidades de investimentos, obras, reformas, mudanças e realinhamento das prioridades do Ipê. Vamos rever todos os contratos firmados, reestruturar departamentos, fazer um plano de manutenção e obras e aprimorar o atendimento ao associado como nossas principais preocupações. Emergencialmente já apresentamos a situação da conta ordinária do clube para o Conselho Deliberativo e solicitamos um aporte de verba da conta patrimonial (conta que suporta as despesas com obras e intervenções no patrimônio do clube) para cobrir o déficit encontrado e dar condições para iniciarmos nossa gestão sem precisar de empréstimos ou financiamento de terceiros, o que oneraria desnecessariamente o clube.

Para dar conta de todas essas importantes tarefas para tocar o clube, convidamos alguns associados que nos ajudarão significativamente nessa trajetória. A composição desta equipe, que assumiu suas respectivas diretorias e vocês poderão conhecer um pouco melhor nesta publicação, me permite afirmar que temos um time forte, comprometido e com muita vontade de fazer do Ipê um espaço que atenda a demanda de seus associados. Temos profissionais experientes em todos os departamentos que, também voluntariamente, se dispuseram a se juntar aos colaboradores do clube para desenvolver essa tarefa com toda sua vivência e conhecimento. Queremos marcar a nosso período à frente da diretoria pela transparência de tudo aquilo que fizermos, pela valorização dos profissionais que garantem um bom atendimento aos associados, pela qualidade das atividades e infraestrutura oferecidas para a prática esportiva, pela organização e produção dos eventos sociais e culturais e pela gestão responsável dos recursos do clube.

Acreditamos que a voz do associado é fundamental nesse processo de melhoria do Ipê e precisa ser valorizada para que possamos fazer do clube um espaço cada vez melhor e mais acolhedor para todos. E justamente por esse motivo que uma das primeiras ações já implementadas foi a realização de uma pesquisa de opinião para conhecer mais precisamente as necessidades, sob a perspectiva dos associados. Elaboramos um questionário no qual cada pessoa fez sua avaliação das atividades e deu sua opinião sobre a infraestrutura oferecida. Os resultados estão sendo apresentados numa publicação especial impressa que está sendo disponibilizada no clube e também no formato digital no site do clube. Essas estatísticas servirão como direcionamento e priorização daquilo que precisa ser implementado, aprimorado, ajustado ou até refeito. Além disso vamos publicar diversos comentários, sugestões, críticas e elogios que recebemos e que serão levados em consideração durante todo nosso mandato.

Quero mais uma vez agradecer à essa missão que foi confiada a mim e a minha equipe e garantir que envidaremos de todos os esforços para contribuir positivamente para o bem do Ipê Clube e seus associados. Grande abraço a todos

 

Antonio Arruda Presidente da Diretoria Executiva

[ Comentar / Ler comentários ]
Comentário(s): 0

Foram encontrados 1 registros, mostrados aqui de 1 a 1.

 
 
 
 

Rua Ipê, 103 • Ibirapuera • São Paulo • SP • CEP 04022-005 • Tel. (11) 5574-7255
Copyright © • Todos os direitos reservados